Como configurar Remarketing no Google Ads – Passo a Passo

Sabe aquela propaganda digital que te acompanha em “tudo” o que é lugar depois de você ter visitado determinado site e fica te “pentelhando”? Pois é, isso é Remarketing.

É possível segmentar os anúncios de display/remarketing por páginas de categorias/assuntos, singles de determinados produtos, serviços etc.

O Google Ads possui esse recurso super bacana. Veja como é fácil configurar remarketing no Google Ads de uma forma rápida, transformando em uma estratégia muito eficaz de vendas online e geração de leads.

Passo 1: Montar lista de público-alvo para o Remarketing no Google Ads

O início da configuração de Remarketing é gerar a lista que será impactada pelos anúncios de display.

Siga esse passo a passo:

  • 1.1 Ferramentas

  • 1.2. Gerenciador de públicos-alvo

  • 1.3. Criar Lista de Remarketing

  • 1.4. Visitantes do website.

1.1 Acesso ao menu Ferramentas

screen-shot-2018-08-14-at-09-16-38

1.2 Acesso ao Gerenciador de públicos-alvo ao lado esquerdo da tela

screen-shot-2018-08-14-at-09-12-40

1.3 Criar Lista de Remarketing (sinalzinho de mais)

screen-shot-2018-08-14-at-09-17-28

1.4 Marque todas as urls que farão parte da lista de Remarketing – Visitantes do website.

screen-shot-2018-08-14-at-09-18-12

Lembrando que o mínimo que uma lista de público-alvo precisa ter é de mil membros ativos para que os anúncios sejam exibidos na lista dos Serviços do Google (Pesquisa Google, YouTube, Gmail). Caso sua lista seja inferior a 1000 membros, sugerimos ir ampliando o alcance da lista (mais dias). O máximo permitido é 540 dias.

Obviamente não coloque tantos dias pois seus anúncios tenderão a um público que já acessou há muito tempo o site e muito provavelmente o interesse deles será menor.

Lista criada, agora basta aguardar o Google Ads popular e liberar para uso.

Passo 2: Criar a Campanha de Remarketing no Google Ads

  • 2.1. Campanha

  • 2.2. Nova Campanha

  • 2.3. Rede de display

  • 2.4. Tipo de meta

  • 2.5. Campanha padrão da rede de display

  • 2.6. Configurações da Campanha

  • 2.7. Escolha a lista de Remarketing

  • 2.8. Crie os anúncios de display ou responsivos efetivamente

2.1. Vá na aba Campanha do lado esquerdo

2.2. Nova campanha (sinalzinho de mais)

2.3. Escolha a opção Rede de display

screen-shot-2018-08-15-at-08-58-59

2.4. Defina o Tipo de meta que mais se adequa ao seu negócio

screen-shot-2018-08-15-at-08-58-36

2.5. Escolha Campanha padrão da rede de display

screen-shot-2018-08-15-at-08-59-19

2.6. Defina as configurações da Campanha: Configuração para locais (alcance da campanha), Idiomas, Tipo de lance, Orçamento e o fundamental que é escolher dentro da sessão Públicos-alvo a opção Como eles interagiram com sua empresa (Remarketing e públicos-alvos semelhantes)

screen-shot-2018-08-15-at-09-01-26

2.7. Escolha da lista de Remarketing

screen-shot-2018-08-21-at-09-23-19

2.8. Crie seus anúncios efetivamente fazendo upload ou anúncios responsivos

screen-shot-2018-08-15-at-09-12-47

Efetuando esses passos basta publicar e aguardar a revisão dos anúncios que logo sua campanha de Remarketing no Google Ads estará no ar. 😉

Passo 3: Inserir script de Remarketing em todas as páginas do site

  • 3.1. Inserir script de conversão em todas as páginas do seu site

  • 3.2. Grave os dados de ID de Conversão e Rótulo de Conversão para usar no Google Tag Manager

  • 3.3. Acesse o Google Tag Manager e escolha a opção "Remarketing no Google Ads"

  • 3.4. Insira os dados de ID e Rótulo de Conversão no Google Tag Manager e pronto

3.1. É necessário inserir o script/tracking em todas as páginas do seu site para monitorar o comportamento do usuário. Acesse no menu Ferramentas a opção Conversões.

screen-shot-2018-08-20-at-09-20-10

3.2. Grave os dados de ID de Conversão e Rótulo de Conversão

screen-shot-2018-08-20-at-09-22-00

3.3. Depois acesse o Google Tag Manager e escolha a opção “Remarketing no Google Ads”

screen-shot-2018-08-20-at-09-17-39

3.4. Insira os dados de ID e Rótulo de Conversão no Google Tag Manager. Na aba Acionadores escolha Todas as Páginas e avance para que seu tracking funcione corretamente.

screen-shot-2018-08-20-at-09-17-59

Ajuda: Formatos de anúncios mais populares de display

Abaixo listamos os formatos para populares e recomendamos pelo próprio Google Ads visando melhor performances de clique e conversão:

Tamanho do anúncioDescriçãoAnúncios de textoAnúncios gráficosAnúncios gráficos e de texto para celular*
300 x 250

Visualizar tamanho real

Também conhecido como “retângulo médio”. Os anunciantes tendem a ter mais inventário de anúncios disponível para esse tamanho, o que pode aumentar os ganhos quando os anúncios gráficos e de texto estão ativados.

Apresenta bom desempenho quando incorporado ao conteúdo de texto ou no final dos artigos.

336 x 280

Visualizar tamanho real

Também conhecido como “retângulo grande”. Os anunciantes tendem a ter mais inventário de anúncios disponível para esse tamanho, o que pode aumentar os ganhos quando os anúncios gráficos e de texto estão ativados.

Apresenta um bom desempenho quando incorporado ao conteúdo de texto ou no final de artigos.

728 x 90

Visualizar tamanho real

Também conhecido como “cabeçalho”. Os anunciantes tendem a ter mais inventário de anúncios disponível para esse tamanho, o que pode aumentar os ganhos quando os anúncios gráficos e de texto estão ativados.

Apresenta bom desempenho se posicionado acima do conteúdo principal e em sites de fóruns.

300 x600

Visualizar tamanho real

Às vezes chamado de “meia página”. Esse formato fornece um espaço maior para que os anunciantes exibam sua mensagem e pode oferecer aos usuários um engajamento avançado.

O tamanho de 300 x 600 é um dos que mais crescem em termos de impressões. Isso indica uma tendência: os editores estão oferecendo tamanhos de anúncio de maior impacto visual, que são os preferidos dos anunciantes de marcas.

320 x 100

Visualizar tamanho real

Também conhecido como “banner grande para celular”. Pode ser usado como alternativa aos tamanhos 320 x 50 e 300 x 250.

Esses anúncios oferecem aos anunciantes o dobro da altura do “cabeçalho para celular” padrão.